Aprenda idiomas on-line!
previous page  up Índice  next page  | Free download MP3:  ALL  91-100  | Free Android app | Free iPhone app

Home  >   50linguas.com   >   português PT   >   grego   >   Índice


93 [noventa e três]

Orações subordinadas com se

 


93 [ενενήντα τρία]

Δευτερεύουσες προτάσεις με αν

 

 
Eu não sei se ele me ama.
Δεν ξέρω αν με αγαπάει.
Den xéro an me agapáei.
Eu não sei se ele vai voltar.
Δεν ξέρω αν θα γυρίσει.
Den xéro an tha gyrísei.
Eu não sei se ele me vai telefonar.
Δεν ξέρω αν θα μου τηλεφωνήσει.
Den xéro an tha mou tilefonísei.
 
 
 
 
Será que ele me ama?
Άραγε με αγαπάει;
Árage me agapáei?
Será que ele vai voltar?
Άραγε θα γυρίσει;
Árage tha gyrísei?
Será que ele me vai telefonar?
Άραγε θα με πάρει τηλέφωνο;
Árage tha me párei tiléfono?
 
 
 
 
Eu pergunto-me se ele pensa em mim.
Αναρωτιέμαι αν με σκέφτεται.
Anarotiémai an me skéftetai.
Eu pergunto-me se ele tem outra.
Αναρωτιέμαι αν έχει άλλη.
Anarotiémai an échei álli.
Eu pergunto-me se ele está a mentir.
Αναρωτιέμαι αν λέει ψέματα.
Anarotiémai an léei psémata.
 
 
 
 
Será que ele pensa em mim?
Άραγε με σκέφτεται;
Árage me skéftetai?
Será que ele tem outra?
Άραγε έχει άλλη;
Árage échei álli?
Será que ele diz a verdade?
Άραγε λέει την αλήθεια;
Árage léei tin alítheia?
 
 
 
 
Eu duvido que ele goste realmente de mim.
Αμφιβάλλω αν του αρέσω πραγματικά.
Amfivállo an tou aréso pragmatiká.
Eu duvido que ele me escreva.
Αμφιβάλλω αν θα μου γράψει.
Amfivállo an tha mou grápsei.
Eu duvido que ele se case comigo.
Αμφιβάλλω αν θα με παντρευτεί.
Amfivállo an tha me pantrefteí.
 
 
 
 
Será que ele realmente gosta de mim?
Άραγε του αρέσω στα αλήθεια;
Árage tou aréso sta alítheia?
Será que ele me vai escrever?
Άραγε θα μου γράψει;
Árage tha mou grápsei?
Será que ele se vai casar comigo?
Άραγε θα με παντρευτεί;
Árage tha me pantrefteí?
 
 
 
 
 

previous page  up Índice  next page  | Free download MP3:  ALL  91-100  | Free Android app | Free iPhone app

Como é que o cérebro aprende a gramática?

Quando somos bebés começamos a aprender a nossa língua materna. Isto acontece de uma forma automática. Não nos apercebemos. Mas para aprendermos o cérebro precisa de fazer um grande esforço. A aprendizagem da gramática, por exemplo, envolve um grande esforço. Todos os dias ouvirá coisas novas. Recebe constantemente novos estímulos. Todavia, o cérebro não consegue processar os estímulos isoladamente. Tem que fazê-lo de uma forma económica. Por isso, ele orienta-se pelas regularidades linguísticas. O cérebro recorda-se daquilo que ouve com frequência. Ele regista a frequência com que uma dada coisa acontece. É, então, a partir destes exemplos que ele constrói uma regra gramatical. As crianças sabem se uma frase é verdadeira ou falsa. Elas não sabem, porém, qual é a justificação. O cérebro delas conhece as regras sem que elas as tenham estudado. Os adultos aprendem línguas de uma outra maneira. Já conhecem as estruturas da sua língua materna. Elas constituem a base para as novas regras gramaticais. Mas para aprenderem, os adultos precisam de ter aulas. Ao aprender a gramática, o cérebro constrói um sistema rígido. Como são exemplo disso os nomes e os verbos. São armazenados em diferentes regiões do cérebro. Durante o seu processamento há diversas regiões que se encontram ativas. Mesmo as regras simples são aprendidas de um modo diferente do que o das regras complexas. No caso das regras complexas, são várias as regiões do cérebro envolvidas. Como exatamente o cérebro aprende a gramática, ainda não foi completamente elucidado pelos especialistas. No entanto, sabe-se que teoricamente pode-se aprender qualquer gramática...

 

Downloads are FREE for private use, public schools and for non-commercial purposes only!
LICENCE AGREEMENT. Please report any mistakes or incorrect translations here.
© Copyright 2007 - 2015 Goethe Verlag Starnberg and licensors. All rights reserved.
Contact
book2 português PT - grego para principiantes